20 de jul de 2012

Firework - Inconstância




Origami Firework de Yami Yamauchi. 


É como um sol que se abre em várias faces (ou fases) revelando diferentes arranjos, diferentes mandalas...
me lembrei deste soneto, um pouco triste, mas muito lindo:

Inconstância

 Procurei o amor que me mentiu.
Pedi à Vida mais do que ela dava;
Eterna sonhadora edificava
Meu castelo de luz que me caiu!

Tanto clarão nas trevas refulgiu,
E tanto beijo a boca me queimava!
E era o sol que os longes deslumbrava
Igual a tanto sol que me fugiu!

Passei a vida a amar e a esquecer…
Um sol a apagar-se e outro a acender
Nas brumas dos atalhos por onde ando…

E este amor que assim me vai fugindo
É igual a outro amor que vai surgindo,
Que há de partir também… nem eu sei quando…

Florbela Espanca - Livro de Soror Saudade



É aconselhável utilizar papéis coloridos e com bastante contraste para um efeito mais bonito. 
Tutorial: AQUI

Um comentário:

  1. Amiga,
    Amei o post e o lindo poema.
    Amo também os lírios, você sabe, e nem vou citar os amarelos, porque a maravilha da vida está, justamente, nos vermelhos, aqueles que nascem no mês de agosto em meio à sequidão e aspereza das chapas.
    É lá - da terra e pó, entre ressequidas folhas -, estampa-se, num frágil caule, duas singelas flores, revelando os mistérios da vida presentes nos lírios do campo.
    Elas fazem-nos lembrar que a vida, embora frágil, é a maior riqueza que se pode ter. Lembram, também, que do mais insignificante solo e estéril chão pode nascer um forte sopro de vida... E dele a dimensão e o sentido de viver.
    Saudades!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...